IDENTIFICAÇÃO

Nome científico: Paullinia Cupana
Família: Sapindaceae
Parte usada: sementes
Origem: Brasil
Contém: Alcalóides Metilxantinas (cafeína)

O guaraná é um arbusto nativo da floresta amazônica no norte do Brasil. Sua fruta é pequena, vermelha e contém sementes pretas. Em nosso país, é bem conhecido graças aos refrigerantes que contêm seu sabor típico.

As sementes de guaraná são muito ricas em cafeína; eles contêm, de fato, uma quantidade de cafeína 4 a 8% maior que os grãos de café. Estas sementes também são ricas em ácidos tânicos e alcalóides teofilina e teobromina.

A cafeína age no sistema nervoso combatendo a fatiga e estimulando as funções cognitivas, a atenção e a memória, melhorando a atutide e a disponibilidade a enfrentar intensas atividades físicas e mentais. Por esta razão, o pó de guaraná é frequentemente utilizado na composição de medicações fitoterápicas e suplementos termogênicos.
O consumo de guaraná em pó proporciona uma série de benefícios, como: melhorar o desempenho nos exercícios e a concentração, aliviar dores de cabeça e ajudar a controlar os níveis de colesterol (atrasando a oxidação do LDL) e açúcar no sangue.

Outro grande benefício é que seu consumo alivia e previne o envelhecimento precoce. Suas catequinas tem propriedades antioxidantes que protegem as células de danos causados no DNA, evitando posteriormente o surgimento do câncer.

Estudos associam o consumo de cafeína com a maior capacidade da memória e redução do risco de enfermidades neurovegetativas, como a doença de Alzheimer.

A Sanrisil fabrica extrato seco de guaraná e extrato fluido de guaraná, feitos a partir do processamento de sementes de guaraná.

FONTES: https://www.vix.com/pt/bdm/medicina-alternativa/807/beneficios-do-guarana
arquivos Sanrisil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *